O Volkswagen mais vendido em 2019; Tiguan recebe atualização

Dieggo Lima

O Tiguan acaba de receber uma reestilização de meia-vida, ele é uns dos modelos mais vendido em 2019, com mais de 910.000 unidades produzidas 

Em 2019, o Tiguan foi o modelo de maior sucesso para a marca Volkswagen e o Grupo Volkswagen com mais de 910.000 unidades produzidas. Ao longo de sua vida útil, mais de seis milhões foram produzidos, e o cenário está pronto para a Tiguan receber uma atualização de meia-vida, incluindo novo desenho interior e exterior, além de recursos inovadores de assistência ao motorista e conforto.

A frente é completamente nova, A nova grade, que flui para os faróis padrão de LED, é mais ampla – criando um vínculo visual entre o Tiguan e modelos maiores, como o Touareg e o Atlas Cross Sport. O novo logotipo da marca está posicionado centralmente na frente. Os para-choques também passaram por uma reforma.

Dentro do veículo, a Volkswagen adicionou uma versão digital do novo volante multifuncional, com ilhas de toque e controles deslizantes iluminados. Um novo módulo de toque está disponível para as funções automáticas de controle climático Climatronic® em modelos de médio porte. Além dos botões de toque, controles deslizantes de tamanho generoso e iluminados são usados ​​para controle de ventilador e temperatura. Os botões de toque também podem ser usados ​​para operar funções como os novos bancos dianteiros aquecidos, o degelo do vidro traseiro e abrir o menu do ar-condicionado. As portas USB-C iluminadas estão localizadas sob o módulo de ar condicionado.

O novo Tiguan contará com o sistema de infotainment modular de última geração (MIB3), um painel de instrumentos digital configurável padrão e o sistema de personalização de última geração. O MIB3 oferece controle de voz natural, emparelhamento de vários telefones que pode alternar facilmente entre dispositivos e o App-Connect sem fio. Todo Tiguan é equipado com o Volkswagen Digital Cockpit, que permite ao motorista configurar o visor do instrumento. Um monitor de 8 polegadas é padrão, e os modelos de acabamento superior recebem um monitor de 10,25 polegadas. A próxima geração de sistemas de personalização também está incluída, para personalizar recursos das configurações do assento e do espelho do motorista até as preferências do sistema de assistência ao motorista. Completando as mudanças internas – um novo sistema de iluminação ambiente de 15 cores disponível e novas decorações para cada acabamento.

O Tiguan é alimentado por uma versão do TSI® de quatro cilindros EA888. Esta versão do mecanismo de injeção direta turboalimentada de quatro cilindros EA888 usa uma modificação inovadora do ciclo convencional de quatro tempos para oferecer uma combinação excelente de potência, eficiência e capacidade de resposta. Ele incorpora o chamado ciclo Budack para melhorar a eficiência da combustão. O resultado é 184 cavalos de potência que entram em 4.400 rpm e são mantidos até 6.000 rpm. O torque máximo de 221 lb-ft está disponível de 1.600 a 4.360 rpm. Todos os modelos Tiguan estão equipados com uma transmissão automática de oito velocidades padrão e sistema Start / Stop, projetados para ajudar a melhorar a eficiência de combustível.

A distância entre eixos normal do Tiguan estará à venda em breve na Europa. Os EUA continuarão recebendo a versão da distância entre eixos longa, que recebe as mesmas alterações de design e recursos mencionados acima. O Tiguan chegará nos EUA no próximo ano, no Brasil o novo modelo poderá chegar também em 2021 já como modelo 2022.

Fonte: Volkswagen – Fotos: Divulgação 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Próximo Post

Kia mostra novo K5 para os EUA e abandona o nome 'Optima'

Inicialmente, será oferecido aos clientes nos EUA uma escolha entre quatro níveis de acabamento (LX, LXS, GT-Line, EX), seguidos pela adição da variante GT de topo de gama mais adiante Finalmente, a Kia revelou o novo sedã kia K5 para o mercado norte-americano com a substituição do nome ‘Optima’, com o novo carro apresentando uma presença visual muito mais nítida graças à nova linguagem de design da empresa. Antes de tudo, sim, o nome Optima não […]
%d blogueiros gostam disto: