Notícias

Fiat é a nova Patrocinadora da Seleção Brasileira de Futebol

O patrocínio tem duração de quatro anos e abrange todas as Seleções de futebol do Brasil: de base, Olímpicas e principais, masculinas e femininas.

A Fiat é a mais nova Patrocinadora Oficial da Seleção Brasileira de Futebol. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 14 de março, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, pelo presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para a América Latina, Antonio Filosa, e por Rogério Caboclo, Diretor Executivo de Gestão e presidente eleito da CBF.

O patrocínio tem duração de quatro anos e abrange todas as Seleções de futebol do Brasil: de base, Olímpicas e principais, masculinas e femininas. O vínculo cobre importantes competições internacionais, como a Copa do Mundo Feminina (França) , Copa América Brasil 2019, Copa América de 2020, Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão), em 2020, e a Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

“Como a mais brasileira de todas as fabricantes de automóveis, é com muito orgulho que a Fiat se torna Patrocinadora Oficial das Seleções Brasileiras, unindo duas grandes paixões do nosso país: futebol e carros”, afirma Filosa – um italiano de nascença que se descreve como “um brasileiro de família, de residência e de coração”. Para o executivo, “trata-se de uma oportunidade única para a marca Fiat, estreitando ainda mais os seus laços de afinidade e paixão com as brasileiras e os brasileiros.”

“Esse é um patrocínio que une verdadeiros campeões: a mais vencedora de todas as seleções do futebol mundial com uma marca consagrada por sua tradição em produzir veículos inovadores e muito desejados pelos brasileiros”, comenta Caboclo. “Para a CBF, o vínculo com a Fiat é altamente estratégico e chega num momento importante para as Seleções do Brasil: enquanto a equipe feminina entra na Copa do Mundo, o time masculino começa com força o ciclo de preparação para o Mundial do Qatar, em 2022.”

Tabelinha afinada

A afirmação de que a Fiat é a mais brasileira das montadoras tem forte fundamento técnico e industrial: a FCA é a fabricante com maior índice de nacionalização de seus produtos (superior a 90%, em média), ampla base de fornecedores de nível mundial instalados pelo país e a maior capacidade de Engenharia e Design instalada no Brasil – o que a torna a única empresa do setor a deter domínio localmente sobre todo o ciclo de concepção, projeto, desenvolvimento, teste e produção de veículos.

“O futebol brasileiro é reverenciado mundialmente por sua ousadia e identidade. A Fiat não é diferente: nós nos destacamos na indústria automotiva pela ousadia e pela identidade marcante de nossas soluções em design, desempenho e tecnologia.”

O Diretor de Marketing da CBF, Gilberto Ratto, vê outro ponto em comum entre a Seleção Brasileira e a Fiat. “Ambas trazem uma relação com os brasileiros que reforça o sentimento de confiança e pertencimento”, comenta.

A Fiat terá direito a utilizar o título de Patrocinador Oficial da Seleção Brasileira de Futebol e a dar visibilidade ao patrocínio em suas ações de comunicação e promoção – seja no ambiente virtual ou nas competições e amistosos em que a Seleção atuar.

“Torneios muito importantes, como a Copa do Mundo feminina e a Copa América no Brasil, começam em breve e vão trazer excelentes oportunidades de relacionamento com os nossos públicos”, observa Zola. “Já estamos preparando séries especiais e outras surpresas para celebrar essa parceria campeã entre a Fiat e a Seleção.”

Via: FCA Press

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.